Mais uma das fontes de informacao que, como tudo no mundo da computacao, nao sao 100% confiaveis, mas sao exaustivamente compiladas.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Extreme Go Horse

Extreme Go Horse (XGH) é um processo rápido, EXTREMAMENTE RÁPIDO, de programação. Basicamente é um POG com metodologia.
Algumas das suas principais bases:

2- Existem 3 formas de se resolver um problema, a correta, a errada e a XGH, que é igual à errada, só que mais rápida.
8- Esteja preparado para pular fora quando o barco começar a afundar… ou coloque a culpa em alguém ou algo.
12- Se iluda sempre com promessas de melhorias.
15- XGH nem sempre é POG.
21- Acostume-se ao sentimento de fracasso iminente.
22- O problema só é seu quando seu nome está no Doc da classe.

E algumas perguntas feitas freqüentemente (FAQ):

P: Sou um gerente de projetos certificado pelo PMI. Por que devo abandonar as práticas propostas pelo PMBOK e adotar o Go Horse?
R: Por um motivo muito simples: em um projeto gerenciado com as práticas do PMI, quem leva a culpa se o projeto dá errado? O gerente. E quem leva os louros se dá certo? A equipe.

O Go Horse prega o não-planejamento, e se não há planejamento não há motivos pelos quais culpar o gerente. Com o Go Horse, tem-se a situação oposta: o gerente leva sozinho os louros da vitória, ao passo que a equipe leva a culpa se o projeto falhar. Não é perfeito?

P: Existe prova de certificação Go Horse?
R: Hein?

3 comentários:

  1. Tô de saco cheio de Go Horse, cara. É vergonhoso como as empresas menosprezam a engenharia de software e fazem tudo de qualquer jeito. Ainda mais no meu caso que acabei de me formar, é super desmotivador isso. Devia ter feito Turismo. :\

    ResponderExcluir
  2. Tô de saco cheio de Go Horse, cara. É vergonhoso como as empresas menosprezam a engenharia de software e fazem tudo de qualquer jeito. Ainda mais no meu caso que acabei de me formar, é super desmotivador isso. Devia ter feito Turismo. :\

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget