Mais uma das fontes de informacao que, como tudo no mundo da computacao, nao sao 100% confiaveis, mas sao exaustivamente compiladas.

sábado, 2 de outubro de 2010

Prêmio IgNobel 2010

Mudando ligeiramente de assunto. Saiu o IgNobel 2010. Para quem não sabe, o IgNobel é o primo mais pobre e gaiato do Prêmio Nobel, dado a cada ano para as pesquisas mais estaparfúdias, cômicas, inúteis. Na maioria das vezes, os cientistas premiados levam na brincadeira, algumas vezes não. Segue abaixo os prêmios:

BIOLOGIA: Libiao Zhang, Min Tan, Guangjian Zhu, Jianping Ye, Tiyu Hong, Shanyi Zhou, Shuyi Zhang of China e Gareth Jones por documentarem cientificamente que morcegos fazem sexo oral.

ECONOMIA: Executivos e diretores dos bancos Goldman Sachs, AIG, Lehman Brothers e Bear Stearns por suas técnicas de investimentos.

ENGENHARIA: Karina Acevedo-Whitehouse, Agnes Rocha-Gosselin e Diane Gendron pelo desenvolvimento de um método para coletar muco de baleia usando um helicóptero de controle remoto.

FÍSICA: Lianne Parkin, Sheila Williams e Patricia Priest por demonstrarem que usar meias por fora do sapato pode prevenir escorregões no gelo.

GESTÃO: Alessandro Pluchino, Andrea Rapisarda e Cesare Garofalo por demonstrarem matematicamente que as empresas se tornam mais eficientes se as promoções de funcionários forem feitas de forma aleatória.

MEDICINA: Simon Rietveld e Ilja van Beest por investigarem um tratamento para a asma usando passeios de montanha-russa

PLANEJAMENTO DE TRANSPORTES: Toshiyuki Nakagaki, Atsushi Tero, Seiji Takagi, Tetsu Saigusa, Kentaro Ito, Kenji Yumiki, Ryo Kobayashi, Dan Bebber e Mark Fricker por usarem fungos para determinar as rotas de trens mais eficientes.

PAZ: Richard Stephens, John Atkins e Andrew Kingston por confirmarem que xingar durante momentos de extrema dor pode reduzir o sofrimento.

QUÍMICA: Eric Adams, Scott Socolofsky e Stephen Masutani pro refutarem a crença de que água e óleo não se misturam.

SAÚDE PÚBLICA: Manuel Barbeito, Charles Mathews e Larry Taylor por determinarem que mais micróbios "se agarram" aos cientistas barbudos.

Comentários pessoais: o prêmio de Biologia é totalmente regra #34; Economia foi o "prêmio" deboche do ano; o de engenharia eu achei engenhoso, não entendo porque realmente ganhou o prêmio; o de Física eu achei bastante útil para quem vive em regiões de neve, mas se você for parar pra pensar, ele é auto-intuitivo, assim como o da Paz e o de Saúde Pública; o de gestão eu achei hilário, vou realmente procurar o paper e dar uma lida; o de medicina eu me pergunto se é realmente seguro; o resto é realmente inútil e/ou sem sentido.
Mês que vem tem outro post, exceto se Bolinha postar mais outra notícia bombástica do CIn aqui.

Um comentário:

  1. huehuehuehuehheuhe é lasca
    mas eu só posto mensalmente mesmo e olhe, olhe
    queria q minhas inspirações viessem com mais frequencia =p

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget